EMESP

MENU

Marta Dalila Mauler

Nome: Marta Dalila Mauler

Disciplina: Canto

Formação: Habilitação em Magistério pela “Escola Normal” do Instituto Estadual de Educação, diplomação do curso de piano pelo Conservatório Estadual de Múisca “Haidée França Americano”, graduação em pedagogia (com licenciatura plena) pela “Universidade federal de Juiz de Fora. Em 1986, no Rio de Janeiro, obteve o título de Bacharel em canto pela Universidade do Rio de Janeiro -UniRio, na classe da professora Eliane Sampaio, com quem estudou, durante quatro, anos desenvolvendo (principalmente) o repertório alemão.

Atividades Artísticas:  Em 1990 transferiu-se para São Paulo a fim de ingressar no Coral Lírico do Theatro Municipal, permanecendo alí desde então. Atuando em vários recitais da série “Vesperais Líricas” do Theatro Municipal, interpretando papéis em óperas, além do repertório camerístico alemão, russo e brasileiro. Como solista – das óperas Soror Angélica (1992), Tannhäuser (1996) e Lohengreen (2004) – na temporada oficial de ópera do Theatro Municipal de São Paulo. Nesta cidade recebeu orientação técnica das professoras Leila Farah, Eiko Senda (Japão-Brasil) e do Maestro Abel Rocha. Participou do Curso de Extensão Universitária de “Alemão para Cantores”, com a cantora Elenis Guimarães e o Maestro Jaime Guimarães. Além do repertório estrangeiro, dedicou-se (entre 1994 e 1997) ao repertório sacro, em obras restauradas por Regis Duprat e regidas por Sandra Mattos, com o coral “Capela Imperial”, bem como ao repertório brasileiro de compositores contemporâneos como Ricardo Simões e Edmundo Villane Cortes. Participou de “Seminários de Música Sacra” – como professora de Técnica Vocal juntamente com o Maestro Samuel Kerr –, promovidos pela “Sociedade Evangélica de Música Sacra” (SOEMUS) e pelas igrejas evangélicas e protestantes em São Paulo e interior do estado.

Em 1997 esteve em Portland (Oregon) pela “Bolsa Virtuose” do governo federal, recebendo orientação do Maestro Franco Iglesias, visando o aperfeiçoamento em “ópera”. Fez, nesta cidade, sua primeira apresentação pública internacional. Neste mesmo ano – em Moscou – frequentou o curso de férias do “CONSERVATÓRIO TCHAIKOVSKY”, ministrado por Lídia Kovalhova. No final do curso participou de uma apresentação pública, cantando peças do repertório Russo e árias de ópera Italianas.

De 1991 a 1993, como professora de canto e técnica vocal na “FUNDAÇÃO DAS ARTES DE SÃO CAETANO DO SUL”.

De 1993 a 2008, integrou o corpo de professores do “CENTRO DE ESTUDOS MUSICAIS TOM JOBIM” (antiga “Universidade Livre de Música”), ministrando a disciplina “TÉCNICA VOCAL” para o “Curso de Canto Coral e Regência Coral”, e para os cursos livres de “Técnica Vocal para Cantores” e “Técnica Respiratória para Instrumentistas de Sopro”.

Em 2009, num novo “Processo Seletivo Público para Professores”, é aprovada – em segundo lugar – para a disciplina de “CANTO ERUDITO”, realizado pela “EMESP – SANTA MARCELINA” (“ESCOLA DE MÚSICA DO ESTADO DE SÃO PAULO” – antigo “Centro de Estudos Musicais Tom Jobim”, que, por sua vez, foi sucessor da “Universidade Livre de Música”) Desde 2006 a 2013  integrou o corpo de professores do “INSTITUTO SOARTE” – ESCOLA DE MÚSICA DA CATEDRAL EVANGÉLICA DE SÃO PAULO (Primeira Igreja Presbiteriana Independente de São Paulo). Em 2010, participou do “Terceiro Simpósio de Educação Musical Especial” voltado para a Inclusão Social. Têm participado de cursos, encontros e workshops de “Canto” e de “Fonoaudiologia Funcional para Cantores”.