EMESP

MENU

Sérgio de Oliveira

Nome: Sérgio de Oliveira

Disciplina: Contrabaixo Acústico

Formação: Iniciou seus estudos de contrabaixo no Conservatório de Tatuí com o Prof. Nicolaus Schevtschenko. Foi premiado com uma bolsa de estudos para ingressar na Karajan Stiftung (Academia da Filarmônica de Berlin)

Atividades Artísticas: Nascido em São Paulo, iniciou seus estudos de contrabaixo no Conservatório de Tatuí com o Prof. Nicolaus Schevtschenko.

Em 1983 foi premiado com uma bolsa de estudos para ingressar na Karajan Stiftung (Academia da Filarmônica de Berlin) para se aperfeiçoar com o primeiro contrabaixista, professor Rainer Zepperitz, durante 5 anos, apresentando-se com a referida orquestra sob a regência de maestros como: Herbert Von Karajan, Cláudio Abbado, Seiji Osawa, Carlo Maria Giulini, Ricardo Mutti, Eugen Jochum, André Previn, entre outros. Participou de gravações com a Filarmônica de Berlin, destacando-se entre elas as Sinfonias número 4 e 7 de Beethoven sob a regência de Karajan, a Sinfonia número 3 de Lutoslawisky, sob regência do próprio autor e a Sinfonia em Ré Menor de César Frank, com Carlo Maria Giulini. Também tocou na Deutsche Oper Berlin durante um ano, participando de uma tournée pelo Japão por cinco semanas.

Retornando ao Brasil foi solista de importantes orquestras brasileira, tais como Osesp,Osusp, Orquestra Sinfônica do Paraná, Orquestra Sinfônica de Brasília, Orquestra Sinfônica de Santo André, Orquestra de Câmara de Curitiba, Orquestra Bachiana Filarmônica, Orquestra de Câmara de Tatuí e Orquestra de Câmara Villa-Lobos com a qual foi solista em tournée pela Argentina. Foi também professor em diversos festivais de música: Festival de Campos do Jordão, de Londrina, de Curitiba, de Tatuí, de Poços de Caldas e do “Primeiro Festival Instrumenta Verano de Puebla” – México, ao lado de um renomado corpo docente internacional.

Em dezembro de 2012, tocou na Philarmonie em Berlim como Primeiro contrabaixista convidado da Orquestra da Rádio de Berlim (DSO) e no concerto de comemoração dos 40 anos da Karajan Akademie, a oitava Sinfônia de Bruckner sob a regência de Simon Rattle.

Atualmente exerce intensa atividade como solista e camerista atuando também como primeiro contrabaixista das seguintes Orquestras: Bachiana Filarmônica e Orquestra Sinfônica de Piracicaba. Também atua como professor da Escola de Música do Estado de São Paulo (EMESP).