EMESP

MENU

Aluno da EMESP conquista prêmio revelação no V Concurso Nacional Jovens Solistas

10 de novembro de 2017

O contrabaixista Marcus Vinicius de Oliveira Figueiredo conquistou o segundo lugar e o prêmio revelação do V Concurso Nacional Jovens Solistas da Orquestra Filarmônica de Goiás. O jovem vai se apresentar como solista junto à Orquestra Sinfônica Jovem do Estado de Goiás em 2018. Marcus Vinicius disputou o prêmio com musicistas de todo o Brasil e foi um dos onze candidatos selecionados para a audição presencial que aconteceu em Goiânia/GO, no Palácio da Música Belkiss Spenzièri, no dia 29 de outubro.

O jovem contrabaixista revela estar muito feliz em disputar, pela primeira vez, um concurso nacional desse porte e, ainda por cima, com outros instrumentos. Marcus Vinicius observa que enquanto instrumentos como violino e clarinete possuem competições específicas, como o Concurso de Cordas Paulo Bosísio e o Concurso Devon & Burgani Jovens Clarinetistas, o contrabaixo não tem um concurso nacional. “É muito difícil competir com os demais instrumentos. Por isso, ser finalista em uma competição como essa é muito gratificante”, afirma.

Marcus Vinicius teve seu primeiro contato com a música em 2011, no Método Jaffé de Ensino Coletivo de Cordas. Somente em 2014 iniciou seus estudos especificamente no contrabaixo, quando ingressou na classe do professor Sérgio de Oliveira na EMESP Tom Jobim.

O jovem, que integra a Orquestra Jovem do Estado desde 2015, já foi finalista do IV Prêmio Ernani de Almeida Machado Meyer, venceu o I Concurso para Jovens Solistas da Orquestra de Cordas EMESP e foi selecionado para o programa Prelúdio da TV Cultura. Atualmente, é aluno da EMESP, com o professor Sérgio de Oliveira, chefe de naipe na Orquestra Jovem do Estado e bolsista do Instituto Elga Marte e da Fundação Magda Tagliaferro.