EMESP

MENU

Composição para pandeiro solo de aluno da Emesp é selecionada para participar de festival na Argentina

12 de agosto de 2019

Um instrumento que quase sempre esteve em segundo plano conquistou o protagonismo em uma composição escrita por um aluno da Emesp Tom Jobim. Em ‘br[asas] n.3 para pandeiro solo’, Gabriel Duarte atribui o devido reconhecimento ao pandeiro e coloca a música brasileira em destaque. O jovem compositor, que também é aluno da Universidade de São Paulo (USP), escreveu a peça durante o Curso de Especialização em Composição – 4º Ciclo da Emesp Tom Jobim. Ao longo de todo o processo, desde a ideia primária, foi orientado pelo professor Rodrigo Lima, que norteou a organização e as etapas da composição. Gabriel também enfatiza o apoio que recebeu da professora Valéria Bonafé como essencial para o desenvolvimento do projeto.

A peça foi escrita para o intérprete Daniel Miranda, que é aluno da Emesp e bolsista da Orquestra Jovem Tom Jobim. “Eu e o Daniel tivemos bastante entrosamento e muita liberdade para trocar ideias durante o processo composicional e de interpretação”, conta. Ainda de acordo com ele, “compositor não faz música sozinho, a criação musical em conjunto com o intérprete é fundamental”.

Juntos, compositor e intérprete, submeteram a composição no Atemporanea 2019 – I Festival Internacional de Música Contemporânea da Argentina, e foram selecionados para participar com a apresentação da peça ‘br[asas] n.3 para pandeiro soloe com a exposição do artigo ‘br[asas] n.3 para pandeiro solo: Processos, Técnicas Composicionais e uma Abordagem Interpretativa’, que relata todas as etapas do processo de composição.

O projeto brasileiro concorreu com trabalhos de mais de 20 países e foi um dos 60 selecionados. O concerto e o artigo serão apresentados durante o festival, que acontece no Conservatório Superior de Música Ástor Piazzolla, em Buenos Aires, na Argentina, de 9 a 14 de setembro.

Ouça aqui ‘br[asas] n.3 para pandeiro solo’ na íntegra!

Prêmio português de composição

Em 2017, Gabriel Duarte conquistou o primeiro lugar no 4º Concurso de Composição para Flautas Transversais com a peça br[asas] n.2 para flauta em sol. A premiação foi realizada pela Academia de Flauta de Verão da Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo de Porto, de Portugal.

A composição foi inspirada no poema O Vento, de Cecília Meireles, e integra a coletânea br[asas], escrita pelo jovem compositor.

Leia mais: Aluno da EMESP vence concurso português de composição