EMESP

MENU

Professora da EMESP vence Prêmio Profissionais da Música 2017

15 de maio de 2017

A pianista e professora da EMESP Tom Jobim, Karin Fernandes, venceu o Prêmio Profissionais da Música 2017 na categoria instrumentista erudito. A premiação contou com três etapas – votação entre os inscritos, votação aberta ao público e votação dos jurados. A cerimônia de premiação aconteceu no dia 29 de abril, em Brasília (DF).

Bacharel em Música pela Universidade São Judas Tadeu, na classe de Lina Pires de Campos (1991), Karin Fernandes venceu mais de 20 concursos nacionais e internacionais de piano, e foi a primeira colocada em 1999 do X Prêmio Eldorado de Música.

Também em sua formação, destacam-se cursos de especialização em Portugal, com a pianista Maria João Pires; na Inglaterra, tendo participado como bolsista integral do Third Oxford International Piano Festival; e na França, com o pianista Bernard Flavigny.

Karin já se apresentou em todas as regiões brasileiras e também na Argentina, Paraguai, Portugal, Inglaterra e França. Como solista se apresentou junto à Amazonas Filarmônica, Orquestra Sinfônica de Campinas, OSUSP, Camerata Osesp, Sinfonia Cultura, Banda Sinfônica do Estado de São Paulo, Orquestra do Theatro São Pedro, Orquestra Sinfônica de Sergipe, dentre outras.

Possui 11 cds gravados e lançados, sendo que 9 deles são inteiramente dedicados ao repertório brasileiro, incluindo piano solo, música de câmara e concertos para piano e orquestra. Teve cds finalistas e premiados, como o cd “Piano Solo”, finalista do Prêmio Caras da Música 2000 como Melhor cd do ano e Artista Revelação; o cd “Baqte Ensemble”, finalista do Prêmio Bravo Bradesco Prime de Cultura 2012 como Melhor cd do ano; o cd “S’io Esca Vivo”, finalista do Prêmio Concerto 2013; cd “Sonatas de Leopoldo Miguez e Glauco Velasquez, finalista do Prêmio Concerto 2014; cd “Cria – nova música brasileira para piano”, vencedor do Prêmio Concerto como Melhor cd de 2015; e cd “Seresta, Choro e Homenagem a Fructuoso Vianna”, finalista do 27º Prêmio da Música Brasileira na categoria Melhor Álbum Erudito de 2015. Paralelamente à carreira como pianista recitalista e solista, Karin desenvolve intenso trabalho camerístico. É integrante do Trio Puelli, formado em 2009, dedicado à música dos séculos XX e XXI.