EMESP

MENU

História

A trajetória da Escola de Música do Estado de São Paulo – EMESP Tom Jobim teve início em outubro de 1989. Com sede no bairro do Bom Retiro, a instituição foi chamada inicialmente de Universidade Livre de Música (ULM) e teve Tom Jobim como primeiro reitor e presidente do conselho.

Em 2001, com a transferência das atividades para o prédio atual, localizado na Luz, foi rebatizada de Centro de Estudos Musicais Tom Jobim, em homenagem ao compositor. Mais tarde, em 2009, quando a Santa Marcelina Cultura assumiu a gestão, passou a ser chamada pelo nome atual: Escola de Música do Estado de São Paulo – EMESP Tom Jobim.

De lá para cá, foram realizadas melhorias no es­paço físico, qualificação das relações trabalhistas (pela efe­tivação e contratação de professores, por processo seletivo e em regime da CLT) e a estruturação de uma nova proposta pedagógica, com ênfase nas aulas de instrumento e na práti­ca coletiva de música.

Linha do tempo

3 de outubro de 1989 Publicação do decreto de fundação da Universidade Livre de Música (ULM), no bairro do Bom Retiro, com a assinatura do governador Orestes Quércia.

25 de janeiro de 1990 Concerto no Ginásio do Ibirapuera que comemorou três acontecimentos importantes: fundação da Universidade Livre de Música (ULM), aniversário do compositor Tom Jobim e da cidade de São Paulo. Participaram do concerto Chico Buarque, Tom Jobim, Milton Nascimento e a Orquestra Jovem do Estado.

Abril de 1998Inauguração de nova unidade no bairro do Brooklin, na av. Padre Antonio José dos Santos, 1.019.

2001 Transferência das atividades do Bom Retiro para o prédio localizado no Largo General Osório, na Luz. A Escola foi rebatizada como Cen­tro de Estudos Musicais Tom Jobim.

2009 A organização social Santa Marcelina Cultura pas­sou a administrar a instituição e a Escola foi rebatizada como EMESP Tom Jobim.