Orquestra Jovem do Estado

Fundada em 1979, a Orquestra Jovem do Estado tem como principal objetivo contribuir para o aprimoramento técnico e artístico dos estudantes de música que a integram, ajudando-os a se prepararem para a vida profissional. Teve como regentes titulares os maestros John Neschling, Diogo Pacheco, Bernardo Fedorowsky, Juan Serrano e João Maurício Galindo.

O ano de 2012 marcou um importante momento na história da Orquestra Jovem do Estado. Integrada ao inovador projeto pedagógico da EMESP Tom Jobim, a Orquestra passou por uma reformulação para transformá-la em um programa de excelência na formação de jovens músicos, estimulando-os a aprofundar e intensificar seus estudos e evitando a profissionalização precoce. Com a reestruturação, as atividades de ensaios e concertos passaram a concentrar-se ao longo de duas semanas consecutivas. Outra importante mudança foi o estabelecimento da idade limite de 25 anos para ingresso. Cláudio Cruz foi convidado para assumir a direção musical e regência titular da Orquestra Jovem do Estado, trazendo ao projeto sua consagrada experiência e talento como regente e spalla. Foi instituído ainda o Prêmio Ernani de Almeida Machado para bolsas de estudos no exterior e compra de novos instrumentos musicais para a orquestra. Finalmente, as bolsas oferecidas aos alunos da Orquestra Jovem foram melhoradas com o importante apoio do Banco Itaú. Desde 2012, as temporadas da Orquestra Jovem do Estado têm contado com a presença de regentes internacionais como Frank Shipway, Rolf Beck, Wladimir Ashkenazy, George Stelluto, Bruno Mantovani e Guillaume Borgogne, e importantes solistas como Jennifer Stumm, Arnaldo Cohen, Antonio Meneses, Eiko Senda, Emmanuel Strosser, Romain Guyot, Marc Coppey, Julia Thornton, Paulo Álvares e Philippe Bernold.

Por meio de parcerias e intercâmbios, a Orquestra fez apresentação com as Symphonie-Orchester Berlin (DSO), no Auditório Ibirapuera, realizou concerto na abertura oficial do ano “Alemanha + Brasil 2013-2014”, no Theatro Municipal de São Paulo, e participou como orquestra residente do Festival Música em Trancoso (2013/2014). Em parceria com a Fundação Simón Bolivar, da Venezuela, recebeu, na temporada de 2014, o regente Diego Guzmán e o clarinetista David Medina. Ainda em 2014, realizou concerto especial de encerramento da temporada com a presença de mais de 300 jovens músicos do Guri e da EMESP Tom Jobim.

Recentemente, foi agraciada com o Prêmio CONCERTO 2014 na categoria Jovem Talento, promovido pela Revista CONCERTO, principal publicação especializada em música clássica no país. Os bolsistas da Orquestra Jovem do Estado também têm se destacado. De 2012 para cá, nove alunos foram aprovados em instituições que estão entre as mais prestigiadas do mundo, como Conservatório Nacional de Música e Dança de Paris, Conservatório Mozarteum de Salzburgo (Áustria), Conservatório de Syddansk (Dinamarca), Conservatório de Birmingham (Inglaterra), Conservatório de Amsterdã (Holanda), Escola de Música Carl Maria von Weber de Dresden e Escola de Música Hanns Eisler de Berlim (Alemanha). A Orquestra realizou ainda quatro turnês internacionais, sendo que, por dois anos consecutivos, esteve na Alemanha e participou dos festivais MDR Musiksommer, na região da Saxônia, e do Young Euro Classic, em Berlim, onde se apresentou na histórica sala Konzerthaus. Em 2014, esteve em Amsterdã, na Holanda, e se apresentou na prestigiosa Muziekgebouw. Na França, no mesmo período, foi orquestra residente do Festival Berlioz, realizado em La Côte Saint-André, cidade natal do célebre compositor francês.

A Orquestra Jovem do Estado iniciou 2015 em grande estilo. No mês de março embarcou para sua primeira turnê aos Estados Unidos – para se apresentar em Washington, no Kennedy Center, como uma das atrações do festival internacional IBERIAN SUITE: global arts remix, e, em Nova York, no Lincoln Center, a convite da Juilliard School e com o patrocínio do Bank of America Merrill Lynch. Ainda em 2015 fez concerto em comemoração aos 20 anos da Revista CONCERTO na Sala São Paulo e participou das comemorações dos 120 anos de amizade Brasil e Japão. Em setembro, gravou o primeiro CD, sob regência do seu diretor musical e regente titular, Cláudio Cruz, com a participação de Antonio Meneses, um dos mais importantes violoncelistas do cenário mundial.

Em dezembro, a Orquestra Jovem do Estado apresentou a obra Carmina Burana, de Carl Orff, junto de mais de 250 vozes, com as participações do Coral Jovem do Estado, o Coral Juvenil EMESP, o Coro Adulto EMESP, o Coral Infantil do Guri, o Coral Juvenil do Guri e o Coral de Familiares do Guri. Em 2016, a Orquestra Jovem do Estado apresenta um repertório desafiador, com participações de solistas internacionais, como o regente e professor do Conservatório Nacional Superior de Música e Dança de Paris, Marc Coppey, a violinista da Juilliard School, Catherine Cho e o pianista argentino Nelson Goerner. Grandes solistas brasileiros também participam dos programas da Orquestra, entre eles o tenor Fernando Portari, o oboísta Washington Barella e o clarinetista Luis Afonso Montanha.

Tchaikovsky, Bartók, Brahms, Beethoven, Berlioz, Copland, Nielsen, Strauss e Verdi, são alguns dos grandes compositores que estão no repertório desta temporada. Durante o ano, a Orquestra Jovem também vai apresentar obras de Villa-Lobos e de mais dois compositores brasileiros, os contemporâneos Flo Menezes e Silvio Ferraz. Um dos grandes momentos do ano será o concerto de agosto, quando a Orquestra Jovem grava seu segundo disco – o primeiro foi em 2015 com o violoncelista Antonio Meneses – interpretando Concerto para Piano no1, de Tchaikovski, com solos de Cristian Budu, e Sinfonia Fantástica, de Berlioz, sob a regência de Cláudio Cruz. Para encerrar o ano, em dezembro, o grupo toca Sinfonia no 6, de Mahler.

Cláudio Cruz – regente titular e diretor musical

Iniciou-se na música com seu pai, o luthier João Cruz, posteriormente recebeu orientações de Erich Lenninger, Maria Vischnia (violino) e Olivier Toni (teoria e regência). Foi premiado pela Associação Paulista de Críticos de Artes (APCA), Prêmio Carlos Gomes, Prêmio Bravo, Grammy Awards, entre outros. Nos últimos anos, regeu a Orquestra de Câmara de Osaka, Orquestra de Câmara de Toulouse, Orquestra Sinfônica de Avignon, Northern Sinfonia (Inglaterra), a Sinfonia Varsovia, New Japan Philharmonic, Hyogo Academy Orchestra, Hiroshima Symphony (Japão), Svogtland Philharmonie (Alemanha), Jerusalem Symphony Orchestra, entre outras. Atuou como diretor artístico e regente nas montagens das óperas Lo Schiavo e Don Giovanni em Campinas, Rigoletto e La Boheme, em Ribeirão Preto. Na temporada 2014, regerá no Brasil: a Orquestra do Theatro Municipal de São Paulo, Orquestra do Estado de São Paulo (Osesp), Orquestra Sinfônica de Curitiba, Ópera, Balet e concertos sinfônicos em Ribeirão Preto, além de concertos em agosto no Festival Berlioz na França, em Amsterdam, em Israel, entre outros.  De 1990 a 2012, ocupou o cargo de Spalla da Osesp. Atualmente, é o regente e diretor musical da Orquestra Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo.

 

FICHA TÉCNICA

1º Violino
Renan Gonçalves (spalla)
César Augusto B. Dos Santos Pinto
Artur Lima Marcelino
Felipe de Matos Porsebon
Guilherme Calebe Soares Martins
Jamile Costa Destro
Marcela Macedo de Oliveira
Michael Junior da Silva Alves
Tamiris Paes Souza
Tanus Virgilio Casemiro de Oliveira
Tiago de Faria Biscaro
Tiago Figueiredo Dias
Vinicius Gomes de Oliveira Sousa
Wesley Prates Lima

2º Violino

Alexandre Pinatto (spalla)
Ingrid Comazzetto
Arthur Lopes da Silva Brito
Bruna Zenti Rodrigues
Cauê Régio da Silva
Gabriel Silva Canute
Guilherme Prado Perez
Gustavo Lennertz Gonçalves Penha
Isabella Carvalho Marques
Nathalia Sousa Oliveira
Pedro Henrique Leal Ferreira
Pedro Vinicius de Oliveira Correa

Viola

Guilherme Ap. Santana (spalla)
Ryellen de Souza Joaquim
Barbara de Souza
Brenner Rozales de Araujo Rodrigues
Daniel Da Silva Lima
Felipe Galhardi Rodrigues
Laercio Souza dos Santos
Michele José de Miranda Mello
Renan Carlos de Souza Silva
Renan Ferraz Galvão
Rodrigo Nunes Mendes
Weslen Henrique da Silva Vasconcelos

Violoncelo

Rafael V. Frazzato Fernandes (spalla)
Wesley Santos Sampaio
Alan Roberto Sanchez Choque
Áurea Diovana Carlos dos Santos
Daniel Soares Henrique
Felipe de Luna Silva
Leonardo Carneiro de Salles
Lucas Marquezin Evangelista
Matheus Silva de Jesus
Paulo Henrique Silva de Azevedo

Contrabaixo

Marcus Vinicius de O. F. da Silva (spalla)
Davi Ciriaco Moreira
Jessica Aline Albuquerque da Silva
Renata Rodrigues Andrade
Riverton Vilela Alves
Talita Guedes de Azevedo    
Venancio Rodrigues dos Santos Neto

Flauta

Wesley de Sousa Sampaio
Jean Arthur Medeiros da Silva
João Luis Prado Vieira

Oboé

Nicolas Nemitz Moura
Layla Köhler Baratto
Dereckson das Graças Feliciano Gomes

Clarinete

Filipe dos Santos Esteves
Ariane Rovesse de Alencar Freitas
Gustavo Nunes Juventino

Fagote

Luis Abelardo Chávez Quispe
Leonardo Mantovani Albergoni

Trompa

Johann Cardoso Marianno Pereira
Matheus da Silva Barciela Costa
Estevão Ferreira da Silva
Gabriella de Sousa Sá

Trompete

Pedro Henrique de Souza Rosa
Matheus Carneiro Sousa
Lucas de Oliveira Espíndola

Trombone

Lucas Cavalcante Nascimento
Gabriel Trettel da Costa dos Santos
Luana Maele da Silva

Tuba

Fabio Martins Borges

Percussão

Wesley Lopes de Oliveira
Sandra Daniela Mora Valenzuela
Fernando da Mata e Silva Junior
Gustavo Surian Ferreira
Rafael Dalchau de Oliveira

Piano

Ariã Yamanaka

Harpa

Marina Mello Andrade

 

VEJA TAMBÉM

Notícias, Vídeos e Fotos

Inscrições abertas para master class de regência com Cláudio Cruz
Nota de pesar: Frank Shipway
Aluno da EMESP Tom Jobim é aprovado em universidade alemã
Veja outras notícias
Orquestra Jovem do Estado (13/09/15) Sala São Paulo
Chamada para o concerto da Orquestra Jovem do Estado (06.03.16 - Sala São Paulo)
Orquestra Jovem do Estado - Concerto de encerramento temporada 2014
Veja outros vídeos
Orquestra Jovem do Estado | Cláudio Cruz regente | Jennifer Stumm viola
Orquestra Jovem do Estado | Cláudio Cruz regente | Dilson Florêncio saxofone
Orquestra Jovem do Estado | Cláudio Cruz regente | Paulo Álvares piano
Veja outras fotos

Agenda

Orquestra Jovem do Estado
Orquestra Jovem do Estado | Cláudio Cruz regente
Orquestra Jovem do Estado na Sala São Paulo
Orquestra Jovem do Estado
Jennifer Stumm e Camerata de Cordas da Orquestra Jovem do Estado
Orquestra Jovem do Estado no Auditório Ibirapuera
Orquestra Jovem do Estado no Festival Internacional de Inverno Campos do Jordão
Orquestra Jovem do Estado
Orquestra Jovem do Estado e Jennifer Stumm
Orquestra Jovem do Estado em Jundiaí
Orquestra Jovem do Estado na Sala São Paulo
Orquestra Jovem do Estado
Orquestra Jovem do Estado em Santos
Orquestra Jovem do Estado na Sala São Paulo
Orquestra Jovem do Estado em Indaiatuba
Orquestra Jovem do Estado na Sala São Paulo
Orquestra Jovem do Estado
Orquestra Jovem do Estado recebe Abel Pereira
Orquestra Jovem do Estado em Jacareí
Orquestra Jovem do Estado recebe Antonio Meneses
Orquestra Jovem do Estado na Sala São Paulo
Orquestra Jovem do Estado - Concerto de encerramento 2015 - 2º dia
Orquestra Jovem do Estado e Philippe Bernold
Orquestra Jovem do Estado - Concerto de encerramento 2015
Orquestra Jovem do Estado - Concerto de abertura da temporada 2016
Orquestra Jovem do Estado na Sala São Paulo
Orquestra Jovem do Estado no Sesc Santos
Orquestra Jovem do Estado na Sala São Paulo
Orquestra Jovem do Estado com a participação do clarinetista Montanha
Orquestra Jovem do Estado - Jovens Solistas 2016
Orquestra Jovem do Estado recebe Cristian Budu
Orquestra Jovem do Estado recebe o oboísta Washington Barella
Orquestra Jovem do Estado recebe musicistas da Juilliard School
Master class de oboé com Washington Barella
Orquestra Jovem do Estado em Piracicaba
Copyright © 2017 | EMESP • Todos os Direitos Reservados
MENU