EMESP

MENU

Aluna da EMESP e bolsista da Orquestra Jovem é aprovada na Royal Academy of Music

24 de maio de 2018

A jovem violinista Jamile Costa Destro participou de todo o ciclo de formação da Santa Marcelina Cultura e agora comemora aprovação em conservatório de Londres, na Inglaterra

Recém-aprovada para estudar na Royal Academy of Music, Jamile Costa Destro, aluna da EMESP Tom Jobim e bolsista da Orquestra Jovem do Estado, teve o seu primeiro contato com o conservatório inglês em 2017, quando conheceu o professor John Thorne durante uma atividade artístico-pedagógica realizada na escola.

A bolsa de estudos de graduação que recebeu cobre a mensalidade da Royal Academy of Music pelos próximos quatro anos, mas não os gastos com visto, moradia, alimentação e transporte. Para levantar o montante, a violinista lançou uma campanha online de financiamento coletivo e espera receber qualquer ajuda para poder realizar o seu sonho. Acesse o link e saiba como contribuir: https://bit.ly/2jGfPwc

Jamile Costa Destro | Créditos: Heloísa Bortz

Como tudo começou

Jamile iniciou os estudos musicais no Polo Veredas do Guri capital e Grande São Paulo, com o professor Tales Navarro, aos 10 anos de idade. No Guri integrou ainda a Orquestra de Cordas Infanto-Juvenil e foi spalla da Orquestra Sinfônica Infanto-Juvenil. Aos 13 anos, foi selecionada para participar de um intercâmbio cultural na Juilliard School, em Nova York. Na EMESP Tom Jobim, teve aulas com os professores Ênio Antunes, Paulo Caligopoulos e Felipe Santarelli.

Em 2014, ingressou na Orquestra Jovem do Estado de São Paulo, onde permanece até hoje como chefe do naipe dos segundos violinos. Em 2017, foi uma das vencedoras do 6º Prêmio Ernani de Almeida Machado. Atualmente, estuda bacharelado em música com ênfase em violino na Universidade de São Paulo (USP). “Esse tempo todo de muito aprendizado só percebia que o violino seria realmente o instrumento da minha vida e, desde então, me esforço por cada dia ser melhor para mim e principalmente para os outros, trocando informações da forma mais linda possível: pela música”, afirma Jamile.