EMESP

MENU

Brian Zeger na EMESP

21 de maio de 2018

Entre os dias 13 e 16 de maio, a EMESP Tom Jobim e o Theatro São Pedro receberam uma visita internacional: Brian Zeger, da Juilliard School. Professor da escola norte-americana desde 1993, Zeger é desde 2004 diretor artístico do Instituto de Artes Vocais da Juilliard, departamento responsável pela formação de cantores líricos. Em São Paulo, Zeger assistiu à última récita de O Matrimônio Secreto, de Domenico Cimarosa, apresentada no dia 13 de maio no Theatro São Pedro, e realizou atividades pedagógicas na EMESP Tom Jobim durante a semana.

Acompanhado pelo coordenador artístico Ricardo Appezzato e pelo coordenador pegagógico Mauro Wrona, Zeger fez duas aulas especiais com alunos da Academia de Ópera, e participou de um ensaio da Orquestra Jovem do Theatro São Pedro. Ele também realizou uma masterclass sobre piano colaborativo aberta a alunos da EMESP Tom Jobim e da USP, com a professora Liliana Kans e o coordenador pedagógico Paulo Braga.

Zeger também aproveitou para conhecer o Polo CEU Jambeiro do Guri, na Zona Leste de São Paulo. Lá, além de conhecer o cotidiano do programa de educação musical que atende 13 mil alunos e alunas da Grande São Paulo e capital todos os anos, ele também pôde acompanhar uma aula de violões e uma apresentação especial preparada pela equipe do polo, com alunos de canto dos cursos sequenciais.

Santa Marcelina Cultura e Juilliard School

A visita de Brian Zeger teve o apoio do Consulado Geral dos Estados Unidos em São Paulo, e faz parte de um intercâmbio institucional de longa data entre a Juilliard School e a Santa Marcelina Cultura, organização social responsável pela gestão do Guri na capital e Grande São Paulo. A parceria existe desde 2010, e envolve a troca de experiências entre alunos e professores de ambas instituições, tanto em São Paulo quanto em Nova York. Já é costume o intercâmbio nas áreas de música clássica e jazz – só no ano passado a temporada da Santa Marcelina Cultura contou com a violista e professora Hsin-Yun Huang, como solista da Orquestra Jovem do Estado; o saxofonista e professor Ted Nash, como convidado da Orquestra Jovem Tom Jobim; e o Quarteto de Cordas do Programa Kovner, formado por alguns dos mais avançados alunos da Juilliard, que participou de concertos da Orquestra de Cordas Infanto-Juvenil do Guri. Antes da vinda de Brian ao Brasil, um grupo de profissionais da Santa Marcelina Cultura foi a Nova York conhecer o Instituto de Artes Vocais e iniciar uma colaboração também na área de formação de cantores e produção de ópera.

Fotos: Sergio Ferreira