EMESP

MENU

Qual música queremos? Venha debater com a gente!

30 de julho de 2020

A EMESP Tom Jobim, um programa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, gerida pela organização social Santa Marcelina Cultura, convida todas e todos a refletirem Qual música queremos? na live de encerramento do Festival Pedagógico #EmespEmCasa.

O bate-papo ao vivo será transmitido pelo Youtube da EMESP Tom Jobim no dia 31 de julho, sexta-feira, às 18h, com a participação de Edna D’Oliveira, cantora lírica e professora da EMESP Tom Jobim; André De Cillo Rodrigues, ex-professor da EMESP e atual professor da UFRGS; Natália Nicolaci, representante do PET Música e co-fundadora do grupo de estudos e performance de mulheres na música Vozes Inaudiáveis; e Renata Rodrigues Andrade, representante do Coletivo Frequência Dissonante. O bate-papo terá mediação da professora Camila Bonfim.

A atração de encerramento do Festival Pedagógico #EmespEmCasa foi concebida pela EMESP Tom Jobim em conjunto com representantes dos Coletivos Frequência Dissonante, Vozes Inaudiáveis e PET Música, após a instituição receber na semana passada uma Carta Aberta assinada por estes Coletivos apontando a falta de diversidade na programação do Festival deste ano.

A EMESP Tom Jobim reconhece a pertinência do questionamento e está se colocando à disposição para a construção coletiva de um futuro mais plural e inclusivo onde todas e todos se sintam representados e respeitados. Por esse motivo, convidamos toda a comunidade a debater com a gente: Qual música queremos?


Participantes:

André De Cillo Rodrigues
Ex-professor da EMESP Tom Jobim e atual professor da UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Edna D’Oliveira
Um dos mais importantes sopranos na cena lírica brasileira, aclamada por suas interpretações de Villa-Lobos, especialmente das Bachianas Brasileira nº 5 e das Canções da Floresta do Amazonas e vem interpretando estas obras no Brasil e no festival Brazilian Classics do Arhst Center of Miami. Faz simultaneamente à sua carreira artística, o curso de Bacharel em Fonoaudiologia e desenvolve um projeto de master class em todo o Brasil com enfoque na Técnica de Alexander e performance para palco para cantores líricos. Atualmente, é professora na EMESP Tom Jobim.

Natália Nicolaci
Natália Nicolaci é estudante de composição na UNESP e aluna da classe de oboé na Escola Municipal de Música de São Paulo. É membra do PET Música e co-fundadora do grupo de estudos e performance de mulheres na música Vozes Inaudiáveis.

O Vozes Inaudiáveis, cujo nome é a junção das palavras Inaudíveis e Inadiáveis, faz parte das atividades do PET Música. É um grupo de estudantes que atua no Instituto de Artes da UNESP, que tem como objetivo estudar as questões de gênero na música, difundir o trabalho das mulheres e levar seus questionamentos para as aulas da graduação e outros ambientes direcionados à educação e formação musical.

Renata Rodrigues Andrade
Formada em contrabaixo pela Unesp, Renata foi integrante de algumas das principais orquestras jovens de SP. Em 2017 fez um curso intensivo de contrabaixo em Würzburg, Alemanha e desde 2018 é integrante da Orquestra de Câmara da USP. Atualmente, é aluna da EMESP Tom Jobim e é co-fundadora do Coletivo Frequência Dissonante, um espaço de compartilhamento de estudos sobre temas sociais e de gênero no meio musical e artístico, e uma rede de apoio para nossas vivências do cotidiano que precisam ser entendidas e acolhidas.

Mediadora:

Camila Bomfim
Professora e pesquisadora, atua na área de musicologia e educação musical. Doutora em Música (2017), defendeu a tese “A música orquestral, a metrópole e o mercado de trabalho: o declínio das orquestras profissionais subsidiadas por organismos públicos na Região Metropolitana de São Paulo, de 2000 a 2016” e Mestrado em Música (bolsa Capes – 2003), ambos pela Unesp.

Participa de congressos nacionais e internacionais, apresentando trabalhos acadêmicos em diversos países. Escreve livros na área de educação desde 2015, sendo autora de livros aprovados pelo PNLD – Programa Nacional de Livros Didáticos.

É professora de música da Escola de Música do Estado de São Paulo – EMESP Tom Jobim, integrante do grupo de pesquisa NOMOS, Núcleo de Musicologia Social do Instituto de Artes da UNESP (CNPq), e contrabaixista da Orquestra Jazz Sinfônica Brasil do Estado de São Paulo.