EMESP

MENU

Teoria

A RÍTMICA COMO LINGUAGEM MUSICAL

Confira a lista de aprovados(as)

Professor responsável: Herivelto Brandino

Dia e horário do curso: 6ª feira, das 17h30 às 19h30

Vagas: 20

Ementa: O curso abordará vários aspectos da linguagem rítmica nos diferentes âmbitos do fazer musical, como a composição, a interpretação e o ensino. É indicado para instrumentistas, cantores, compositores e educadores que queiram potencializar o uso do ritmo em sua atividade artística e pedagógica e desenvolver novas ferramentas rítmicas em seu trabalho musical. Neste curso, o aluno aprenderá, por exemplo, a relacionar o ritmo com números e executar precisamente a mudança de andamentos, ou ainda a relacionar o ritmo com notas e estabelecer uma estrutura harmônica rítmica.

Atividades a serem desenvolvidas: O curso será constituído de uma parte teórica e outra prática. A parte teórica versará alguns tópicos, como quiálteras, polirritmias, hemíolas, polimetrias e modulações métricas, através da elaboração e resolução em conjunto de mapas rítmicos mentais, equações matemáticas simples e análises de peças e de áudios da música popular. A parte prática consiste em jogos e atividades com percussão corporal e voz, além de arranjos instrumentais com base na música popular e peças de música de concerto.

Pré-requisitos para ingresso: Disponibilidade, interesse, experiência prática e teórica em rítmica

Idade mínima dos alunos: sem restrição

Tipo da Seleção: Entrevista e Teste


APRECIAÇÃO MUSICAL

Confira a lista de aprovados(as) (Emesp Tom Jobim)

Confira a lista de aprovados(as) (Theatro São Pedro)

Professor responsável: Marco Prado

Dia e horário: 3ª feira, das 17h30 às 19h30 (EMESP) e 6ª feira, das 09h30 às 11h30 (Theatro São Pedro)

Vagas: 40 (10 EMESP, 30 Theatro São Pedro)

Ementa: O curso tem como objetivo fornecer ferramentas para a compreensão de alguns dos elementos musicais relacionados com a teoria e a percepção. As aulas serão desenvolvidas através da apreciação de um repertório que inclui músicas de diversos estilos e procedências.

A experiência poderá dar subsídios para o entendimento do discurso musical por parte dos ouvintes e estudantes que não possuem um conhecimento prévio de teoria musical.

Serão abordados aspectos que incluem a parte rítmica, melódica, harmônica, formal e histórica.

Experiências que mesclam apreciação musical com elementos de teoria e percepção possibilitam também novas discussões e o estudo de assuntos ligados a outras esferas do conhecimento humano.

A utilização de recursos audiovisuais e textos selecionados para cada atividade dará o suporte teórico necessário para uma maior assimilação dos conteúdos propostos.

Atividades a serem desenvolvidas:

1-Música no mundo, transformações no ocidente, influência e história na música:

Como a música foi se estruturando, adquirindo novas funções e aspectos nas sociedades europeias a partir do Renascimento. Algumas diferenças entre a música de tradição europeia e a feita em outras partes do mundo. A influência europeia e americana na maneira de ouvir, entender e organizar o discurso musical.

2- Aspectos rítmicos e melódicos:

As propriedades físicas do som. A organização do pulso através das figuras musicais e das fórmulas de compasso. As notas e sua escrita em pauta musical. Noções básicas a respeito de tons e semitons, tessituras, modos maiores e menores, escalas e intervalos e construção de melodias.

3- Aspectos harmônicos e formais:

Os princípios para montar acordes e sequências harmônicas. As funções harmônicas básicas e os conceitos de tonalidade, encadeamento harmônico e cifragem popular.  As modulações, a utilização de escalas e os princípios da improvisação. A forma musical e sua confecção.

4-Tecnologia transformação e manipulação do som:

Uso de efeitos dos principais efeitos analógicos e digitais (distorções, repetições, alterações de timbre e frequência). Técnicas básicas de gravação, mixagem e masterização. Organização do som para espetáculos. A influência da música nas outras artes.

Pré-requisitos para ingresso: Disponibilidade e interesse.

Idade mínima dos alunos: 14 anos

Tipo da Seleção: Entrevista e teste (os candidatos deverão responder a um questionário no dia da seleção).


CAPACITAÇÃO P/ PROFESSORES DE MUSICALIZAÇÃO

Confira a lista de aprovados(as)

Professor responsável: Mara Cimino

Dia e horário: 3ª feira, das 15h30 às 17h30

Vagas: 15

Ementa: O curso tem como objetivo capacitar professores de musicalização integrando a música com outras formas de expressão e linguagem, transcendendo o fazer artístico propriamente dito e buscando oportunidades de desenvolvimento humano, procurando abrir espaço de reflexão para estes profissionais.

Atividades a serem desenvolvidas: Capacitação aosprofessores de musicalização, professores de música da escola regular (rede pública e particular), alunos de licenciatura (música, artes, pedagogia), alunos de bacharelado em música.

Pré-requisitos para ingresso: Leitura e escrita musical; tocar um instrumento.

Idade mínima dos alunos: 18 anos

Tipo da Seleção: Entrevista e/ou avaliação (os critérios para a seleção dos candidatos serão definidos pelo professor que conduzirá as entrevistas).


IMPROVISAÇÃO E SEÇÃO RÍTMICA

Confira a lista de aprovados(as)

Professor responsável:  Marcus Teixeira

Dia e horário: 4ª feira, das 13h30 às 15h30

Vagas: 10

Ementa: Improvisação e Seção Rítmica é um curso para violonistas, guitarristas, baixistas, pianistas, bateristas e instrumentistas de sopro, que estão interessados em aprofundar o estudo da improvisação e do acompanhamento. O estudo teórico do conteúdo se voltará sempre para a prática do que está sendo estudado e essa prática será o foco principal do curso.

O curso tem a expectativa de ajudar os alunos a colocar em prática as teorias desenvolvidas na sala de aula sobre o estudo da improvisação no jazz e na música brasileira. Será um aprofundamento na linguagem da improvisação, tendo como objetivo aproximar os alunos da fraseologia, rítmica e outras questões subjetivas relativas a essa linguagem. Também serão estudadas as seções rítmicas dos temas propostos e será demonstrado como o aluno poderá se colocar nas mais diversas situações como acompanhador.

Atividades a serem desenvolvidas: Estudo da teoria da improvisação em conjunto com o desenvolvimento de repertório específico e exercícios práticos individuais e em grupo.

Pré-requisitos para ingresso: Alunos de nível médio a avaçado.

Idade mínima dos alunos: 14 anos

Tipo da Seleção: Teste individual com cada aluno.


LABORATÓRIO DE CRIAÇÃO MUSICAL

Confira a lista de aprovados(as)

Professor responsável: André Damião Bandeira

Dia e horário: 4ª feira, das 17h30 às 19h30

Vagas: 10

Ementa:  Voltado para músicos que têm interesse na música mediada por meios eletrônicos, o curso será focado na composição de Música Eletroacústica, Música Mista, Improvisação e Arte Sonora. Para isso, durante aulas serão discutidas tanto questões práticas quanto teóricas acerca dos processos composicionais e históricos desses gêneros da música contemporânea. Com o intuito de que os participantes desenvolvam suas próprias composições ao longo do curso, serão introduzidas técnicas de programação para manipulação e síntese de sons eletrônicos através dos softwares Pure Data e Supercollider

Atividades a serem desenvolvidas: Introdução a programação de pretório de Música Eletroacústica, Música Mista, Improvisação e Arte Sonora; Práticas de composição e improvisação; Leitura e discussão de textos de apoio.

Pré-requisitos para ingresso: Disponibilidade e interesse e conhecimento musical.

Idade mínima dos alunos:16 anos

Tipo da Seleção: Teste e Entrevista


MÚSICA DOS SÉCULOS XX E XXI

Confira a lista de aprovados(as)

Professor responsável: André Damião

Dia e horário: 5ª feira, das 11h30 às 13h30

Vagas: 20

Ementa: A disciplina busca proporcionar um primeiro contato com as principais tendências, técnicas e processos composicionais que emergiram na música ocidental do século XX, seus compositores e suas ideias até a cena contemporânea do século XXI.  Abordando não apenas novos sistemas de notação, inovações no uso de instrumentos tradicionais, mas também o papel das novas tecnologias no processo criativo dos compositores.

Atividades a serem desenvolvidas: Apreciação de obras musicais, análise de partituras e de processos composicionais, leitura de textos, etc.

Pré-requisitos para ingresso: Disponibilidade, interesse e conhecimento musical de nível médio ou avançado.

Idade mínima dos alunos: 14 anos

Tipo da Seleção: Entrevista


MUSICOGRAFIA BRAILLE

Confira aqui a lista de aprovados(as)

Professor responsável: Elvira Mugia

Dia e horário: 4ª feira das 09h30 às 11h30, das 11h30 às 13h30 e das 14h30 às 16h30

Vagas: 6 (2 alunos por turma)

Ementa: O curso é destinado para as pessoas cegas que leem e escrevem em Braille.Tem o objetivo de apoio a estas pessoas com estas características, que necessitam de seus materiais acessíveis para acompanhar todas as disciplinas na qual o curso da EMESP Tom Jobim disponibiliza para a população em geral. Podem praticar também educadores musicais que desejam apreender sobre esta ferramenta: Musicografia Braille para ajudar na inclusão das pessoas com deficiência visual.

Atividades a serem desenvolvidas: Aprender os sinais musicais correspondentes em Braille; confecção de partituras musicais; desenvolvimento da escrita musical e leitura musical em Braille; transposição para o instrumental musical; pratica do repertório e desenvolvimento da criatividade musical.

Pré-requisitos para ingresso: Conhecimento musical, disponibilidade e Interesse.

Tipo da Seleção: Escrever e ler em Braille.


OFICINA DE CANTO – POPULAR (INICIAÇÃO)

Confira a lista de aprovados(as)

Professores responsáveis: Luis Gayotto e Cinthia Sell

Dia e horário: 4ª feira, das 16h30 às 18h30

Vagas: 15

Ementa: Proporcionar às pessoas que gostem de cantar, teoria e prática de técnica vocal para uma emissão vocal saudável, com repertório próprio para a iniciação da prática do canto.

Atividades a serem desenvolvidas: Técnicas de estudo para preparação de repertório, sensibilização corporal voltada a uma melhor aplicação dos exercícios vocais, técnicas de estudo de preparação para apresentar o repertório durante a prática individual, e prática de repertório de canto solo com acompanhamento de piano. Obs.: Os alunos devem utilizar trajes que possibilitem a amplitude de movimentos durante as aulas.

Pré-requisitos para ingresso: Disponibilidade e interesse.

Idade mínima dos alunos: 18 anos

Tipo da Seleção: Entrevista.


PRÉ-VESTIBULAR DE UNIVERSIDADES

Confira a lista de aprovados(as)

Professor responsável: Rodolfo Valente

Dia e horário: 2ª feira, das 17h30 às 19h30

Vagas: 24

Ementa: O estudo de uma arte envolve muito mais do que o domínio de certos procedimentos técnicos. No caso da Música é fundamental que aqueles que queiram aprofundar seus estudos busquem, além da prática qualificada de um instrumento, conhecer a história da música ocidental e seu repertório, assim como os conteúdos de teoria, harmonia, análise e percepção musical. Tendo essas questões em vista, o Curso Preparatório para o Vestibular de Música foi elaborado com o intuito de ajudar a suprir esta necessidade premente no contexto do meio educacional brasileiro, buscando apontar caminhos e diretrizes que permitam com que os alunos encontrem as melhores maneiras de atenderem aos seus objetivos particulares relacionados ao aprendizado musical. O curso se destina a pessoas interessadas em ingressar nos diversos cursos superiores de música oferecidos por Universidades e Faculdades e/ou em ampliarem seu conhecimento musical.

Atividades a serem desenvolvidas: Parte do curso, referente às matérias teóricas (teoria, harmonia, análise, etc.) tem como objetivo habilitar o estudante a lidar de maneira qualificada com o código musical. Inicialmente, é feita uma revisão dos conteúdos essenciais de Teoria Básica, fundamentais para escritura, leitura e interpretação de uma partitura. Posteriormente, o curso dedica-se ao estudo da Harmonia e da Prática de Análise Musical, possibilitando o entendimento de estruturas de organização do discurso musical dentro de um repertório variado. Em percepção, o foco central é proporcionar ao aluno ferramentas através das quais ele próprio poderá se desenvolver neste aspecto tão fundamental para a formação musical. São abordados os seguintes conteúdos: Percepção de intervalos, tríades e funções harmônicas básicas; Ditados e leituras rítmicas; Ditados melódicos a uma e a duas vozes; Solfejos. A parte do curso destinada ao estudo da História da Música se baseia no conhecimento e na audição do repertório musical. Serão abordadas questões estilísticas e a escuta de obras dos períodos medieval, renascentista, barroco, clássico, romântico e contemporâneo, bem como demais conceitos e questões pertinentes a esses períodos. É importante ressaltar que o curso, de uma forma geral, preza pela interdisciplinaridade, de modo que, grande parte das vezes, os conteúdos do curso serão abordados em simultaneidade.

Pré-requisitos para ingresso: Disponibilidade e interesse. Em função do número máximo de vagas, existe a necessidade de algum conhecimento prévio de teoria, história e percepção musicais, cujo limite se encontrará diretamente associado à procura ao curso e ao resultado do processo seletivo de admissão.

Idade mínima dos alunos: 15 anos

Tipo da Seleção: Teste.


TEORIA MUSICAL BÁSICA: NOTAÇÃO E ESTRUTURAÇÃO

Confira a lista de aprovados(as)

Professor responsável: Luis Perez

Dia e horário: 2ª feira, das 14h30 às 16h30

Vagas: 20

Ementa: Ensino da notação musical básica e dos principais tópicos da estruturação aliado a aplicação prática.

Atividades a serem desenvolvidas: Desenvolvimentos dos tópicos relacionados a propriedades dos sons, a notação musical, a apreciação, ao solfejo e a percepção.

Pré-requisitos para ingresso: Disponibilidade e interesse.

Idade mínima dos alunos: 18 anos

Tipo da Seleção: Entrevista e Teste.


VEM – VIVÊNCIAS EXPERIÊNCIAS MUSICAIS

Confira a lista de aprovados(as)

Professor responsável: Lis de Carvalho

Dia e horário: 4ª feira, das 14h30 às 16h30

Vagas: 20

Ementa: Esse curso é um convite às mães, pais e demais responsáveis que acompanham as crianças e os jovens que estudam na EMESP. A proposta do curso é oferecer um espaço instigante e acolhedor de aproximação com a prática musical. O curso é voltado para pessoas que não possuem necessariamente experiência com música, mas que estão interessadas em participar de vivências diversas para se aproximarem do universo no qual suas filhas e filhos estão inseridas(os). Estendendo a prática musical à família das crianças e dos jovens, o curso visa contribuir para a diminuição dos índices de evasão, assim como para a qualidade do processo de formação musical das alunas e alunos, processo esse que, necessariamente, acontece para além do âmbito escolar.

Atividades a serem desenvolvidas:

– Escuta e apreciação de repertórios musicais diversos;

– Práticas de improvisação e performance (vocal, corporal, instrumental etc.);

– Práticas de experimentação e criação coletiva;

– Reflexões e debates sobre temas diversos.

Pré-requisitos para ingresso: Ser o(a) responsável por um(a) aluno(a) regularmente matriculado(a) na EMESP.

Tipo da Seleção: Entrevista