EMESP

MENU

Alunos de piano ganham concurso internacional

25 de maio de 2021

Os alunos Ingrid Uemura e Bernardo Borges conquistaram, respectivamente, os 1º e 2º lugares no Concurso Internacional Chopin da Romênia. Além de Chopin, os pianistas tocaram obras de Bach, Rachmaninov e Ravel. O concurso foi realizado remotamente com a participação de candidatos de vários países.

Ingrid cursa o 3º ciclo de formação e Bernardo o 2º ciclo. Ambos estudam com o professor Luiz Guilherme Pozzi.

Ingrid Uemura iniciou seus estudos em Santo André (SP). Em meados de 2015 passou a integrar a classe de piano erudito da EMESP Tom Jobim, onde estuda com o pianista e professor Luiz Guilherme Pozzi. Ingrid cursa o bacharelado em música na UNESP, onde o pianista Nahim Marun atua como seu coordenador. Ingrid participa assiduamente de masterclasses com renomados pianistas e professores, como Anna Fedorova, David Korevaar, Guigla Katsarava, Eduardo Monteiro, Ricardo Castro, Jean-Louis Steuerman, Arnaldo Cohen e Cristian Budu.

Em 2018 ganhou o IV concurso para jovens solistas com a orquestra de cordas da Emesp e apresentou-se com o concerto nº 23 de Mozart no Museu de Arte de São Paulo (MASP). Premiada em vários concursos, obteve o 1° lugare no Concurso Nacional Souza Lima; no Concurso Latino-Americano de Piano realizado na cidade de Curitiba; no I Concurso de Guarulhos – GruPiano e no Concurso de Piano de Ituiutaba.

Foi aprovada como bolsista nas duas últimas provas seletivas para o Festival de Inverno de Campos do Jordão.

Filho de pais músicos, Bernardo Borges Martins sempre esteve em contato com o mundo da música, tendo sido musicalizado precocemente. Aos 12 anos se apresentou como pianista na orquestra de alunos da Escola Waldorf Rudolf Steiner e com essa idade sua mãe o iniciou no estudo do canto.

Aos 13 anos começou a estudar com Felipe do Val e, no ano seguinte, em 2017, foi premiado com o 2° lugar no I Concurso Nacional de Piano Yamaha. Essa premiação fez Bernardo dar prioridade aos estudos de piano, almejando uma carreira pianística. Foi levado por seu instrutor a tocar para o pianista e professor Luiz Guilherme Pozzi, que o recomendou que participasse do processo seletivo para estudar na EMESP Tom Jobim. Foi aprovado e desde então integra a classe de piano do professor Pozzi.

Em julho de 2020 foi premiado com o 1° lugar na 4ª edição do Concurso Nacional de Piano da Escola Pró-Música de Campinas e, em agosto, foi agraciado com a mais alta colocação designada em seu turno no I Concurso Internacional de Piano Linda Bustani. Em 2021 Bernardo ganhou o 1º lugar no Concurso Nacional Souza-Lima e o 3º lugar no Concurso Internacional de Piano do Centro Franz Liszt, de La Nucia, na Espanha.

Bernardo sustenta um repertório que abrange obras para seu instrumento desde compositores do período barroco até composições contemporâneas, assim como peças de música de câmara e obras para piano e orquestra.