EMESP

MENU

#EmespEmCasa promove bate-papos virtuais com mestres da música

04 de junho de 2020

Quem acompanha as redes sociais da EMESP Tom Jobim há algum tempo deve ter notado um aumento considerável de conteúdos. Isso porque a escola precisou adaptar aulas, atividades extraclasse e concertos para o ambiente digital, com o objetivo de continuar atendendo seus mais de 1.300 alunas e alunos durante o período de isolamento social imposto pela pandemia do coronavírus (covid-19). Assim como outras instituições, a escola está fechada desde março, seguindo as diretrizes do Governo do Estado de São Paulo e da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

Em conjunto com a campanha #CulturaEmCasa, desenvolvida pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa, a instituição lançou a programação #EmespEmCasa no mês de abril e desde então têm divulgado conteúdos de educação musical nas redes sociais.

Segundo o coordenador Paulo Braga, a programação online oferece conhecimentos que ampliam horizontes de todos os envolvidos, desde a curadoria, passando por todo o processo de produção até chegar aos espectadores. Ainda de acordo com ele, o #EmespEmCasa é uma ferramenta de acesso que veio para ficar e será complementar às incomparáveis atividades presenciais da escola, quando estas voltarem.

As atividades extraclasse abertas ao público, com a participação de professores e músicos convidados, agora são realizadas dentro da série #DicaDoMestre, por meio de vídeos e lives. No formato inicial, os coordenadores Adriana Schincariol Vercellino, Eduardo Ribeiro e Paulo Braga se revezaram para entrevistar grandes nomes da música erudita e popular, que compartilharam experiências, conselhos e dicas de estudos para o período de quarentena.

“O maior objetivo da #DicaDoMestre é manter os alunos inspirados por seus professores e artistas que admiram”, afirma o coordenador Eduardo Ribeiro. Ele complementa que dessa forma eles ficam sabendo como seus mestres têm enfrentado os desafios da reclusão em relação a estudo e trabalho.

Já participaram da série a cantora Monica Salmaso, o bandolinista Hamilton de Holanda, o compositor Arrigo Barnabé, a flautista Léa Freire e o pianista Amilton Godoy. Além dos músicos, a série recebeu a fisioterapeuta e educadora física Dra. Cristina Yumi Fujisawa, que ensinou técnicas de autocuidado para o público da EMESP Tom Jobim.

Em maio, os professores da EMESP Tom Jobim assumiram o comando da #DicaDoMestre e desde então os bate-papos têm acontecido entre os docentes, que interagem e compartilham exercícios para que os estudantes de música pratiquem em casa.

A coordenadora Adriana Schincariol Vercellino destaca que a escola acolhe os perfis mais diversificados de alunas, alunos e professores, e que a programação online tem buscado mostrar essa diversidade. Segundo ela, os conteúdos são escolhidos com carinho para interessar tanto quem está começando seus estudos musicais, quanto quem está se aprimorando e também o grande público que nunca teve a oportunidade de entrar em uma sala de aula com estes músicos e professores.

Outra série presente na programação já é conhecida pelos seguidores da escola nas redes sociais. O #EmespPeloMundo trouxe entrevistas com estudantes que passaram pela EMESP Tom Jobim e hoje estão nos principais conservatórios e orquestras do mundo.

A série #ConcertoEmCasa começou com a exibição de concertos antigos dos grupos artísticos ligados à escola. Na segunda fase do projeto, o Coral Jovem do Estado, a Banda Jovem do Estado, a Orquestra Jovem do Estado e a Orquestra Jovem Tom Jobim se reúnem por meio de plataformas de videoconferência para continuar levando música para as pessoas.

Se você ainda não conhece a programação #EmespEmCasa, siga as redes sociais para acompanhar as novidades e conferir o que já aconteceu por lá.

instagram.com.br/emesptomjobim

facebook.com/tomjobimemesp

youtube.com/tjemesp

twitter.com/emesp