EMESP

MENU

Orquestra Jovem do Estado apresenta concerto com peças de Schubert e Bartók

19 de agosto de 2021

A Orquestra Jovem do Estado, grupo ligado à EMESP Tom Jobim, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, gerida pela organização social Santa Marcelina Cultura, volta ao palco da Sala São Paulo, no domingo, dia 22 de agosto, às 16h.  Sob regência de Cláudio Cruz, o grupo apresenta concerto com obras do compositor austríaco Franz Schubert e do húngaro Bela Bartók. Os ingressos custam R$30 (inteira) e R$15 (meia). Garanta o seu na bilheteria digital www.orquestrajovemdoestado.byinti.com

Franz Schubert (1797 – 1828) compôs aproximadamente 600 canções, além de óperas, sinfonias e sonatas. É considerado um dos maiores compositores do século 19, marcando a passagem do estilo clássico para o estilo romântico. Para abrir o concerto, a Orquestra Jovem do Estado vai interpretar a Sinfonia nº2 do compositor austríaco.

Bela Bartók (1881–1945) é considerado, juntamente com Liszt, um dos maiores compositores húngaros. Conhecido também por seu estudo de música folclórica, foi um dos fundadores da musicologia comparada, que se tornou mais tarde a etnomusicologia. Para celebrar o décimo aniversário da Orquestra de Câmara de Basel, que havia fundado, o regente suíço Paul Sacher encomendou uma peça a Bartók. Assim foi composta Música para cordas, percussão e celesta que encerra o concerto e foi reconhecida como uma de suas obras-primas.

Para quem mora fora de São Paulo ou prefere assistir de casa, o concerto será também transmitido ao vivo gratuitamente pelo canal de YouTube da EMESP Tom Jobim.