EMESP

MENU

Orquestra Jovem realiza concertos na Sala São Paulo e no Theatro São Pedro em setembro

13 de setembro de 2021

A Orquestra Jovem do Estado, grupo ligado à EMESP Tom Jobim, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, gerida pela organização social Santa Marcelina Cultura, faz três concertos no mês de setembro.  Sob regência de Cláudio Cruz, o grupo sobe ao palco da Sala São Paulo no dia 19 de setembro, domingo, às 16h.

No programa Viva Gramsci do compositor brasileiro Rubens Russomano Ricciardi e Serenata nº1, do alemão Johannes Brahms. Seguindo a tradição das serenatas de Mozart, a obra divide-se num amplo número de andamentos, incluindo várias danças. Por toda a peça perpassa um lado rústico e popular, como é possível identificar logo no início, em que um bordão nas cordas graves acompanha um tema vivo e campestre na trompa e, depois, no clarinete. Esse tema é também uma homenagem a Haydn, sendo muito parecido com o tema que inicia o último andamento da Sinfonia nº 104 do compositor vienense.

Os ingressos custam R$30 e estão à venda pela bilheteria digital https://orquestrajovemdoestado.byinti.com/

Theatro São Pedro

Durante o mês de setembro, a Orquestra Jovem do Estado realiza ainda dois concertos no Theatro São Pedro.  Na sexta, dia 24, às 20h, o grupo de bolsistas da EMESP Tom Jobim faz concerto dedicado aos compositores brasileiros. Sob regência de Ingrid Stein, o programa tem obras de Villa-Lobos, Guerra-Peixe, Claudio Santoro, Villani-Côrtes e Edino Krieger.

Já no sábado, dia 25, às 16h, a Orquestra Jovem do Estado se apresenta sob a regência de Ana Beatriz Valente e interpreta um repertório com obras que foram concebidas para o teatro. Conhecida por sua beleza e concisão, Valse triste, do compositor finlandês Jean Sibelius foi composta em 1903 para uma peça de teatro do cunhado de Sibelius, Arvid Järnfelt, intitulada Kuolema (Morte). A obra acompanha uma cena em que a própria Morte aparece a uma mulher moribunda e com ela dança antes de levá-la consigo.

Em seguida, a Orquestra apresenta a L’Arlesiene, suítes nº 1 e 2, de Georges Bizet. O compositor francês concebeu a obra como música incidental à peça de Alphonse que foi apresentada pela primeira vez em 1º de outubro de 1872, no Théâtre du Vaudeville em Paris.

Garanta seu ingresso para os dos dias pela bilheteria digital https://theatrosaopedro.byinti.com/

Transmissão ao vivo

Os três concertos serão também transmitidos ao vivo gratuitamente pelo canal de YouTube da EMESP Tom Jobim (www.youtube.com/tjemesp).