EMESP

MENU

Sizão Machado

Nome: Sizão Machado

Disciplinas: Contrabaixo elétrico

Formação e atividades artísticas: Criador de uma linguagem musical única, que vai muito além do universo de seu instrumento, o contrabaixista Sizão Machado é reconhecido nacional e internacionalmente, por suas atuações ao lado de Chet Baker, Herbie Mann, Elis Regina, Cesar Camargo Mariano, Jim Hall, Dori Caymmi, Djavan, Milton Nascimento, Chico Buarque, Wilson das Neves, Dionne Warwick, Ivan Lins, Joyce, Guilherme Vergueiro, Flora Purim e Airto Moreira, Roberto Menescal, Noite Ilustrada, Jean & Paulo Garfunkel, Família Jobim, Paulo César Pinheiro, Paul Winter, Hendrick Merkins e muitos outros, imprimindo sempre sua marca por onde toca.

A concepção, a rítmica, as harmonizações “violonísticas” transpostas para o contrabaixo, aliadas a um extremo bom gosto e sofisticação, fazem com que seu estilo inconfundível seja reconhecido em qualquer gênero musical. Isso é um privilégio de poucos e bons instrumentistas.

Em seu primeiro cd-solo, Quinto Elemento, Sizão Machado reuniu composições próprias e músicas selecionadas ao longo de sua eclética carreira. Foi nessa época que conheceu Stanats, um tema inédito do maestro Moacir Santos, que em 1990, em Los Angeles, mostrou ao então aluno e eterno admirador Sizão Machado a música recém-criada. Na época gravaram juntos uma fita-cassete trazida ao Brasil. A composição ganhou arranjo de Nailor Proveta e, posteriormente, de Sizão Machado e foi gravada pela primeira vez no cd do contrabaixista que ganhou apresentação do grande mestre.

Anos se passaram e vários foram os encontros entre os dois reforçando ainda mais a admiração e o respeito mútuos. Moacir Santos é até hoje nome obrigatório nos shows, concertos, nas execuções e nas salas de aula ministradas por Sizão Machado a alunos e professores do Brasil e do exterior.

Do álbum Quinto Elemento, de 2001, também merecem destaque as canções Amparo/Olha Maria, de Tom Jobim, Chico Buarque e Vinícius de Moraes, gravado por Sizão com seis contrabaixos, e Anu Preto, Quinto Elemento e Samba da Mãe, de sua autoria.

Além de sua atuação pelos palcos do mundo, Sizão participou da gravação de mais de uma centena de discos com os mais variados artistas, nacionais e internacionais. Em junho de 2007 Sizão gravou o cd Worlds Together, também lançado no Brasil, com os saxofonistas Jerry Bergonzi e Billy Pierce, o baterista Bob Kaufman e o guitarrista Lupa Santiago, com quem fez shows em Boston, nos EUA.

Leia AQUI o release de Sizão Machado na íntegra.