EMESP

MENU

Alunos de piano ganham primeira etapa do concurso Guiomar Novaes

13 de julho de 2021

Quatro alunos de piano, da classe do professor Luiz Guilherme Pozzi, ganharam a primeira etapa do concurso Guiomar Novaes. Caio Vital, Emilly Alberto, Ingrid Uemura e Vinicius Penteado receberam o prêmio de R$ 2.500 cada um.

Os alunos apresentaram obras de Rameau, Bach, Chopin, Ravel, Ligeti, Camargo Guarnieri e Almeida Prado nas provas classificatórias. As próximas etapas são a votação online do prêmio do público e a prova final presencial, que será realizada em setembro na cidade de São João da Boa Vista (SP), cidade natal da legendária pianista Guiomar Novaes.

CONHEÇA OS JOVENS PIANISTAS

Caio Henrique Vital, aluno do 2º Ciclo, iniciou seus estudos musicais em 2010, aos seis anos, na EMESP Tom Jobim. Em 2014 passou a integrar a classe da ilustre pedagoga polonesa Donata Madejska Lange. Atualmente estuda sob a orientação do pianista e professor Luiz Guilherme Pozzi.

Apesar de sua pouca idade, o pianista já coleciona colocações em concursos de piano, como o 1º lugar do 1º Concurso de Piano EMESP (2016), Concurso Vivace Studio (México) e na seleção brasileira de finalistas para bolsa integral do festival Luzerne Music Center. Também conquistou o 2º lugar no Concurso Latino-Americano Rosa Mística de Curitiba (2018), Concurso Nacional Souza Lima (2018), Concurso Pró-Música de Campinas (2020), uma 3º colocação no Concurso Nacional Souza Lima (2017) e o Prêmio Leilah Paiva de melhor interpretação de música brasileira no XII Concurso de Piano Profª. Edna Bassetti Habith, em Curitiba (2020).

Sua formação complementar consta da participação ativa em festivais e masterclasses, tendo tido a orientação de professores como Ricardo Castro, Durval Cesetti, Cristian Budu, Pedro Persone (fortepiano) e Denis Pascal. Em 2020 foi convidado a participar da Série Jovens Pianistas, em Cabo Frio/RJ, e sua interpretação foi televisionada pela emissora local.


Emilly Alberto, aluna do 4º Ciclo, iniciou seus estudos em música na EMESP Tom Jobim em 2008, aos seis anos de idade. Passou a ter aulas de piano dois anos mais tarde, tendo como professores Marcilda Clis e Scheilla Glaser. Em 2016 passou a integrar a classe do professor Luiz Guilherme Pozzi. Nesse ano ganhou o título de Melhor Intérprete da Peça de Confronto, composta exclusivamente para o certame pelo compositor Rodrigo Lima, no 1º Concurso Interno da EMESP Tom Jobim.

Em 2018 ganhou o segundo lugar no XXXVII Concurso Latino-Americano de Curitiba e, em maio de 2019, recebeu o primeiro lugar no 1º Concurso Nacional de Piano de Guarulhos. Em junho, foi uma das selecionadas dentre pianistas de todo país no 1º Concurso Virtual Piano em Foco, apresentando-se consequentemente em Londrina (PR). Em setembro foi nomeada Melhor Intérprete do Compositor Homenageado (Claudio Santoro) no XII Concurso de Piano ProfA Edna Bassetti Habith.

No início de 2020 passou a integrar a classe de Pozzi também na Universidade de São Paulo (USP), onde cursa o bacharelado. Foi integrante da classe de piano do Festival Música nas Montanhas 2020, em Poços de Caldas (MG), onde teve aulas com Flávio Augusto e Ney Fialkow, e foi selecionada para se apresentar no recital de encerramento da classe.

Em outubro ganhou primeiro lugar e melhor interpretação da peça de confronto na categoria piano a quatro mãos do Concurso Nacional de Piano em Ituiutaba, ao lado de Lucca Verdi Pires. No mesmo mês foi finalista e recebeu o Prêmio do Público no Concurso de Piano Guiomar Novaes, com João Carlos Martins e Amilton Godoy compondo o júri.

Emilly participa ativamente de masterclasses e aulas com pianistas renomados, como Cristian Budu, Maurícy Martin, Cláudio Soares, Paulo Álvares, Eduardo Monteiro, Luciana Sayure, Richard Kogima, Denis Pascal (França), Philipp Scheucher (Áustria) e Giampaolo Nuti (Itália).


Ingrid Uemura iniciou seus estudos em Santo André (SP). Em meados de 2015 passou a integrar a classe de piano erudito da EMESP Tom Jobim, onde cursa o 3º Ciclo e estuda com o pianista e professor Luiz Guilherme Pozzi. Ingrid cursa o bacharelado em música na UNESP, onde o pianista Nahim Marun atua como seu coordenador. Ingrid participa assiduamente de masterclasses com renomados pianistas e professores, como Anna Fedorova, David Korevaar, Guigla Katsarava, Eduardo Monteiro, Ricardo Castro, Jean-Louis Steuerman, Arnaldo Cohen e Cristian Budu.

Em 2018 ganhou o IV Concurso para Jovens Solistas com a Orquestra de Cordas da EMESP e apresentou-se com o concerto nº 23 de Mozart no Museu de Arte de São Paulo (MASP). Premiada em vários concursos, obteve o 1° lugar no Concurso Nacional Souza Lima; no Concurso Latino-Americano de Piano de Curitiba; no I Concurso de Guarulhos – GruPiano e no Concurso de Piano de Ituiutaba e no IX Concurso Internacional Chopin da Romênia. Foi aprovada como bolsista nas duas últimas provas seletivas para o Festival de Inverno de Campos do Jordão.


Vinicius Penteado iniciou seus estudos aos oito anos, na EMIA, dando continuidade na fundação Magda Tagliaferro, com a professora Sylvia Chiapetta, participando de vários recitais.

Atualmente, é estudante de regência da Universidade de São Paulo (USP) e aluno do 3º Ciclo de piano da EMESP Tom Jobim, sob orientação de Luiz Guilherme Pozzi. O contato com este último trouxe o interesse para a carreira como pianista solista.

Possui ampla experiência como camerista  e também como pianista de outras formações, tais como OCAM e OSUSP. Foi finalista do concurso Guiomar Novaes no final de 2020 e do Festival Almeida Prado em 2021.