EMESP

MENU

Orquestra Jovem Tom Jobim

Dedicada especialmente à música popular brasileira orquestral, a Orquestra Jovem Tom Jobim tem uma sonoridade particular. Desde 2001, sob a regência de Nelson Ayres e Tiago Costa, o grupo interpreta obras tradicionais de grandes compositores nacionais, com especial dedicação à obra de Tom Jobim, e arranjos concebidos especialmente para o grupo. Toda sua programação, da escolha de repertório à dinâmica de ensaios, é realizada pensando na formação dos bolsistas, para proporcionar não apenas um aprimoramento técnico e estilístico, mas um conhecimento profundo do fazer musical.


Nelson Ayres, regente

Pianista, arranjador e compositor, Nelson Ayres iniciou sua carreira na década de 60, dividindo o palco com Taiguara, Toquinho e Chico Buarque. Tornou-se o primeiro aluno brasileiro a cursar o Berklee College of Music. Em 1978, criou o quinteto Pau Brasil e, em 1984, estrelou o espetáculo Prisma com César Camargo Mariano. Conhecido por sua atuação na Orquestra Jazz Sinfônica do Estado de São Paulo, regeu inúmeras orquestras, incluindo a Orquestra Filarmônica de Israel. Foi ainda apresentador do programa Jazz & Cia, da TV Cultura, e presidente do júri do Prêmio Visa de Música Brasileira. Lançou os CDs Perto do Coração e Paixão.


Tiago Costa, regente

Pianista, compositor e arranjador, teve suas peças gravadas dentro e fora do Brasil com obras registradas pela OSESP e Orquestra Jazz Sinfônica. Ao lado de Maria Rita, participou como pianista e arranjador dos discos ganhadores do Grammy Segundo e Redescobrir. Em 2014, o show de piano e voz com a cantora foi eleito um dos dez melhores do ano pelo New York Times.